Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Divulgação de eventos > Seminário Internacional Rumos do Resgate: signos globais da memória cultural brasileira
Início do conteúdo da página

Seminário Internacional Rumos do Resgate: signos globais da memória cultural brasileira

Acessos: 89

Resgate

25 e 26 de abril - Rio de Janeiro - 

O Projeto Resgate é uma sondagem dos signos globais em nosso passado. Desde os anos 80, investigadores internacionais e pesquisadores brasileiros buscam em arquivos estrangeiros os manuscritos, as produções cartográfica e iconográfica, do século XVI ao século XIX brasileiro, encerradas em acervos, bibliotecas e fundos documentais de diferentes países.


Um conjunto documental de quatro milhões de fontes, relativas à memória cultural brasileira, está microfilmado, reproduzido digitalmente e, assim, disposto na BNDigital da Fundação da Biblioteca Nacional, permitindo o amplo acesso ao público.

Lançado no ano de 1983 em um acordo firmado entre Brasil e Portugal, com a parceria da Unesco, o Projeto Resgate tem um percurso marcado pelo pioneirismo de suas ações, em instituições arquivísticas de Portugal, Espanha, Holanda, França, Bélgica, Inglaterra, Estados Unidos, Itália e Áustria, onde recuperou documentos de nossa geo-história colonial e imperial. Sem perder de vista esse percurso e o alcance de seus resultados, a recente ancoragem do Resgate na Fundação Biblioteca Nacional, desde 2017, em parceria com a Unesco, exige agora um pensamento efetivo sobre seus futuros possíveis. Com esse propósito, o Seminário Internacional Rumos do Resgate: signos globais da memória cultural brasileira, a realizar-se nos dias 25 e 26 de abril de 2018, na Biblioteca Nacional, pretende retomar e desdobrar balizas conceituais e estratégias metodológicas de pesquisa aptas a reinscrever proposições centrais ao Resgate. Junto a especialistas convidados, o objetivo é pôr em questão a operação da pesquisa, a temporalidade do projeto, a disponibilização online dos documentos e os estímulos para a produção científica e historiográfica.

Clique aqui para acessar a ficha e fazer a sua inscrição, as vagas são limitadas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página